ALÉM DA CARNE - CONTOS INSANOS

    Author: Cesar Bravo Genre: »
    Rating

    A coletânea “Além da Carne” é definitivamente dedicada a fãs de suspense e horror, principalmente horror. Originalmente fazia parte do volume “Calafrios da noite”, mas terminou ganhando um título individual pelo seu teor bem mais violento e “gore”.
    *O primeiro dos contos trata de uma evocação de demônios por um casal cigano. Um dos ciganos, entretanto, resolve trapacear (ou tentar) e enganar o pai da mentira. Um conto clássico inspirado nos piores calabouços do gênero terror. Cheiro de enxofre, vísceras, lágrimas e traições batendo nos porões do inferno.
    *A segunda história que compreende a maior parte do livro é sobre um técnico de computação que vive uma vida miserável com sua esposa e seu filho Randy; um garoto de dez anos com limitações mentais que o aprisionam em uma mente de bebê. Marcos em um dia ruim demais para ter acordado vê a chance de mudar seu futuro e o de sua família. As coisas realmente podem mudar, mas será mesmo que para melhor? Quanto custaria corromper o próprio destino?
    *Depois temos Lucrécia; oh, pobre Lucrécia. Uma garçonete sem sorte que presencia em seu emprego noturno a conversa de três homens de terno caro e sorriso fácil. Mas a empresa que representam não vende ou negocia nada que ela já tenha visto. E Lucrécia tem sede de deixar a terra de abusos onde se criou. Deus não a tirou da miséria por mais que implorasse, e se ela ouviu direito, aqueles homens são a própria concorrência do paraíso.
    *Quarto conto. Serginho e sua Fera. Uma arma carregada, bullying e a certeza que antes do sinal das dez a quadra da escola estará cheia de sangue e justiça — e com algumas lágrimas.
    *Depois, temos a história de quatro amigos brincando com o acaso. A lenda gira em torno de um quadro que jamais deveria ser visto; um quadro maldito. Mas eles moram em uma cidade pequena e fazer besteiras é a única coisa que resta a cinco garotos adolescentes. São os anos noventa e Axl Rose está quase perdendo a vez para Kurt Cobain como o Atari perdeu para o Super-Ness. Mas os pobres garotos têm bem mais a perder que uma capa da Rolling Stone. Podem perder a própria vida.
    *O último conto é sobre 153.342. Um demônio que... Droga; eu não devo contar isso... Mas talvez ele te conte...



    One Response so far.

    1. Acabei de ler o livro. Muito bom. Gostei de todos os contos, principalmente da ambientação. Parabéns!

    Leave a Reply